Banner Top

Log in

Presidente Lula visita obras e garante recursos para o IMPA Tech

Presidente Lula visita obras e garante recursos para o IMPA Tech Divulgação/IMPA

1º curso de graduação do IMPA tem previsão para começar em 2024

O presidente Lula visitou nesta quinta-feira (10) as obras do IMPA Tech, o primeiro curso de graduação do IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), que será no Porto Maravalley - um hub de tecnologia desenvolvido pela prefeitura do Rio de Janeiro. Na solenidade, a ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, o ministro da Educação, Camilo Santana, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana, assinaram o protocolo de intenções  entre governo federal, prefeitura e o instituto.

"Quando veio a proposta do Eduardo Paes de fazer uma faculdade de matemática, eu não vacilei. Acho que esse país não pode continuar permitindo que seus gênios deixem o Brasil e vão trabalhar lá fora, enquanto podemos formá-los aqui dentro", disse o presidente Lula.

A graduação vai atender até 100 alunos, no primeiro ano, com investimentos de R$ 16,7 milhões, e ao final de 4 anos, 400 estudantes, ao custo de R$ 55,9 milhões. Os recursos do governo federal serão transferidos pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação. A prefeitura vai oferecer moradia aos estudantes.

"Nosso desafio é acelerar a transferência de tecnologia para gerar produtos e serviços que atendem às demandas da sociedade e do país, desenvolvendo soluções inovadoras em temas estratégicos como combate à fome, biodiversidade, transição energética e transformação digital", disse Luciana Santos.

A graduação em Matemática da Tecnologia e Inovação terá quatro ênfases: Matemática, Ciência da Computação, Ciência de Dados e Física. O processo seletivo vai levar em consideração o desempenho dos estudantes de todo o Brasil em olimpíadas do conhecimento, como a OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas).

“Por meio do IMPA Tech, queremos oferecer a esses jovens uma formação de excelência em matemática para a tecnologia e inovação, que os capacite como agentes de desenvolvimento para o país. A visita do presidente da República às futuras instalações do IMPA Tech vem imprimir uma nova dinâmica a este projeto de importância estratégica em que vimos trabalhando com a prefeitura do Rio de Janeiro e o governo federal”, disse Viana.

A assinatura do protocolo de intenção ocorreu no galpão onde vai funcionar o IMPA Tech - um espaço de 10 mil metros quadrados, cujas obras foram financiadas pelo governo municipal. 

"As 400 mentes mais brilhantes desse país vão vir para cá, estudar e morar no Rio, e vão ajudar a partir daqui a construir um Brasil melhor. O IMPA Tech vai começar ano que vem formando as melhores mentes do Brasil", afirmou  Paes.

Medalhistas da OBMEP emocionam presidente Lula

Quinze medalhistas da OBMEP acompanharam a visita do presidente ao espaço. Entre eles, Ricardo Oliveira da Silva, que coleciona cinco medalhas de ouro e duas de prata na olimpíada. Ele recebeu sua primeira dourada das mãos do presidente Lula, em 2009. Nascido em Várzea Alegre, no interior do Ceará, o medalhista sofre de amiotrofia espinhal e anda de cadeira de rodas. Por falta de condições, o rapaz frequentava a escola transportado pelo pai em um carrinho de mão. Ele iniciou o ensino regular aos 17 anos, matriculado na antiga 5ª série. 

“No meu primeiro ano na escola já participei da OBMEP e consegui uma medalha. Não sabia se meu conhecimento na matemática era básico ou avançado, mas sempre tive aquele desejo de estudar e meu esforço se materializou através da OBMEP, foi lá que eu consegui expor o meu talento."

Ricardo concluiu o Curso de Tecnologia em Mecatrônica Industrial pelo Instituto Federal de Educação e Tecnologia (IFCE), na cidade de Cedro.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner 468 x 60 px