Log in

Dia Nacional do Câncer: casos podem aumentar 77% até 2050

Dr.. Enaldo Onco Rede Mater Dei Foto: Divulgação Dr.. Enaldo Onco Rede Mater Dei

A boa notícia é que, paralelamente, nos últimos 30 anos, as taxas de cura aumentaram de 25% para 65%, graças à divulgação qualificada sobre prevenção e avanços da tecnologia

Segundo a Organização Mundial de Saúde, os casos de câncer podem aumentar 77% até 2050 em relação a 2022, ano em que foram registrados 20 milhões de pessoas com a doença no mundo. Para conscientizar a população, o Ministério da Saúde instituiu, há 36 anos, o 8 de abril como o Dia Nacional do Câncer. O objetivo é levar orientações sobre prevenção à população para evitar o surgimento da doença e, ao mesmo tempo, favorecer o diagnóstico precoce, reduzir os casos no país e permitir um tratamento eficaz.

Apesar da previsão do aumento do número de casos, a divulgação sobre os cuidados preventivos tem refletido nas taxas de cura da doença, que nos últimos 30 anos aumentou de 25% para 65%. Segundo o coordenador médico do Hospital Integrado no Câncer da Rede Mater Dei de Saúde e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cancerologia, Enaldo Lima, quando o paciente é diagnosticado nos estágios 0 e 1 de câncer, que são os mais precoces da doença, há de 90% a 100% de possibilidades de cura, o que reforça a importância da campanha, que leva informação qualificada sobre cuidados para prevenção da doença à população. 

Segundo ele, somados à informação educativa, nesse período houve também avanço da tecnologia, que permitiu diagnósticos mais eficientes, bem como tratamentos mais modernos e precisos, inclusive com o uso de robôs, além de remédios e técnicas de radioterapia mais eficientes. “Os avanços foram em todas as áreas, incluindo biologia molecar e, mais recentemente, a evolução genética com a chegada de medicamentos de fármaco genomas que desenvolveu absurdamente. Isso tem impactado não apenas na cura, como na melhoria de qualidade de vida dos pacientes”, avalia.

Esses avanços, em termos de porcentagem, referem-se a uma média de todos os tipos de câncer. Entre eles, alguns apresentaram mais destaque. “Para ter uma ideia, a oncologia pediátrica que há 30 anos curava 50%, hoje cura 85% dos casos”, compara o médico. Ele explica que a Rede Mater Dei de Saúde tem acompanhado esses avanços, disponibilizando os tratamentos mais modernos disponíveis no mercado. “A Rede Mater Dei de Saúde oferece, por exemplo, cirurgia com robô que permite segurança e resultados cirúrgicos superiores. Em casos de câncer de pulmão e câncer de próstata hoje é quase impensável a operação sem o uso de robô”, ilustra. 

Além disso, ele destaca que na área de radioterapia, os equipamentos usados no hospital são os mais modernos e sofisticados. Já em termos de medicamentos, o hospital possui todas as técnicas existentes atualmente, incluindo imunoterapia e tratamento gênico. “No SUS, a cada 100 pacientes, 70 são tratados com algum tipo de medicamento, normalmente quimioterapia, o que representa casos mais graves. Na Rede Mater Dei de Saúde, a cada 100 pacientes, apenas 29 recebem medicamento. “Quanto mais precoce o paciente é diagnosticado, menos tratamento medicamentoso ele recebe”, esclarece.

Sobre o câncer 

O câncer é uma doença caracterizada pelo crescimento descontrolado e anormal de células no corpo. Existem mais de 100 tipos diferentes da doença, com sintomas e tratamentos diferenciados. Mas, segundo Elando Lima, há alguns sinais de alertas comuns a todos, que merecem atenção. “Caroços, nódulos e manchas devem ser imediatamente reportados ao médico, emagrecimento e febre repentinos e sem causas específicas, além de sangramentos”, orienta. 

Manter um estilo de vida, com atividade física regular, alimentação equilibrada e medidas de saúde pública estão associadas à prevenção de todos os tipos de câncer, como não fumar, evitar o uso excessivo de álcool, manter a forma, praticar atividade regularmente, reduzir a exposição solar nos períodos de maior taxa de radiação UV e manter uma dieta equilibrada. 

Sobre a Rede Mater Dei de Saúde 

Somos uma rede de saúde completa, com 43 anos de vida, tendo o paciente no centro de tudo e ancorada em três princípios: inteligência e humanização como pilares do atendimento; tecnologia como apoio da excelência; e solidez das governanças clínica e corporativa. Nossos serviços médico-hospitalares estão disponíveis para toda a família, em todas as fases da vida, com qualidade assistencial e profissionais altamente capacitados e especializados. Estamos em expansão, levando para mais pessoas o jeito Mater Dei de Cuidar e de Acolher. Nossa premissa é valorizar a vida dos nossos pacientes em cada atendimento, disponibilizando o melhor que a medicina pode oferecer.


Unidades

Minas Gerais: Hospital Mater Dei Santo Agostinho, Hospital Mater Dei Contorno, Hospital Mater Dei Betim-Contagem, Hospital Mater Dei Santa Genoveva, Mater Dei CDI Imagem e Hospital Mater Dei Santa Clara  

Bahia: Hospital Mater Dei Salvador e Hospital Emec

Goiás: Hospital Mater Dei Premium 

Pará: Hospital Mater Dei Porto Dias

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Banner 468 x 60 px