Log in

Brasil é favorito contra a Jamaica na Copa do Mundo Feminina, aponta a Betfair

Marta tem chance de participar mais em último jogo da fase de grupos. Foto: Thais Magalhães/CBF Marta tem chance de participar mais em último jogo da fase de grupos.

Após derrota em jogo apertado contra a França, a Seleção Brasileira precisa vencer a Jamaica para se classificar às oitavas de final da Copa do Mundo

A Seleção Brasileira Feminina volta a campo pela Copa do Mundo na próxima quarta (02), às 7h da manhã, em sua última partida pela fase de grupos da competição contra a Jamaica. Após golear o Panamá na estreia, o Brasil perdeu a chance de garantir sua classificação antecipada no Grupo F ao perder para a França por 2 a 1. A Betfair, especialista em probabilidades esportivas, calculou que, mesmo estando em terceiro lugar no grupo F neste momento, a Seleção Brasileira é favorita para vencer a Jamaica.

Brasil com quase 80% de chances de vencer

Segundo a Betfair, o Brasil tem 79% (odd de 1.18) de chances de vencer na terceira partida. Isso significa que, para cada real apostado, a pessoa recebe R$1,16 de retorno. A seleção da Jamaica aparece com 7% de chances de vencer (odd de 14.0), enquanto o empate aparece com 14% (odd de 6.5), segundo a casa de apostas.

EUA segue como favorita e Brasil segue no Top 10

Com a fase de grupos se encerrando, a Betfair atualizou as chances de título das seleções que seguem na disputa. Assim como no começo da Copa do Mundo, os EUA seguem como favoritos, com 21% de chances de conquistarem o título. Na sequência estão:

  • Espanha com 18%;
  • Alemanha com 9%;
  • Austrália e Japão com 7% cada;

Segundo a análise da Betfair, o Brasil aparece como a 8º seleção com mais chances de vencer a Copa do Mundo, são 5% de chances da equipe de Marta e companhia levantar o primeiro título mundial.

Marta domina em chances de marcar pelo Brasil

Para a casa de apostas, a probabilidade de que Marta faça um gol ou dê uma assistência no duelo contra a Jamaica é de 58% (odd de 1.73). A jogadora ainda não conseguiu participar ativamente nos primeiros jogos e pode ser uma das jogadoras chave para ajudar a Seleção Brasileira vencer na última partida da fase de grupos.

De acordo com as probabilidades das atletas marcarem um gol a qualquer momento, temos 11 jogadoras brasileiras com mais chances do que a primeira jogadora da Jamaica, Khadija Shaw, que tem 21% (odd de 4.8).

  • Debinha (54%) odd de 1.85;
  • Bia Zaneratto (48%) odd de 2.1;
  • Marta (45%) odd de 2.2;
  • Geyse Ferreira (39%) odd de 2.6;
  • Gabi Nunes (37%) odd de 2.7;
  • Adriana e Ary Borges (33%) odd de 3.0;
  • Andressa Alves (29%) odd de 3.5; 
  • Duda Sampaio (28%) odd de 3.6
  • Ana Vitória e Kerolin (25%) odd de 4.0.

 

Sobre a Betfair

Uma das maiores provedoras de apostas esportivas online do mundo, a Betfair é patrocinadora oficial das equipes do Cruzeiro e do Palmeiras. A empresa, fundada em Londres (ING) no ano de 2000, foi pioneira na oferta de apostas peer-to-peer (Betfair Exchange) e gerencia um conjunto completo de apostas esportivas, eventos de entretenimento e produtos de jogos on-line para mais de quatro milhões de clientes maiores de 18 anos em todo o mundo. Graças à sua tecnologia de ponta, a plataforma oferece um amplo catálogo de produtos que permite apostar com suas próprias cotas e cotas oferecidas por outros usuários. A Betfair está licenciada para operar apostas online e outros jogos em 19 países, incluindo Espanha, Itália, Malta, Colômbia e Grã-Bretanha.

No 'Análise Betfair', você encontra as porcentagens atualizadas para os favoritos ao título da Libertadores e Brasileirão Série A. Veja também as chances dos principais candidatos à artilharia dos torneios em tempo real. Saiba mais acessando o link.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.