Log in

Escola Korú atende uma das maiores demandas do mercado com formação em diversidade para profissionais e empresas

Caio Zaio, cofundador e diretor de Diversidade & Inclusão da Korú Foto: Rodrigo Tordim/Divulgação Caio Zaio, cofundador e diretor de Diversidade & Inclusão da Korú

Enquanto preconceito gera exclusão no mercado de trabalho e problemas sociais, pesquisa mostra que mais diversidade em empresas é fator de aumento da produtividade

A diversidade e a inclusão são temas que estão em alta no mercado de trabalho e muitas empresas querem abraçá-la. Mas como promover uma mudança efetiva nas culturas organizacionais e, mais do que isso, como cada pessoa pode contribuir para isso no seu dia a dia? Pesquisas diversas apontam que times mais diversos melhoram os resultados, com inovação e lucratividade acima da média. A Formação em Conceitos Básicos de Diversidade da Escola Korú, surgiu para atender a essa demanda crescente do mercado. Ela aborda os conceitos de diversidade, empatia, linguagem não violenta, lugar de fala e outras questões relevantes para o tema. As inscrições estão abertas no site escolakoru.com.br.

O curso é voltado para profissionais que desejam se preparar para um mercado mais diverso e também serem ativamente mais inclusivos em seu dia a dia de trabalho. Dividido em quatro módulos, 100% online e ao vivo, o curso tem duração total de oito horas e será realizado nos dias 9, 16, 23 e 30 de outubro, sempre das 19h às 21h.

Empresas interessadas em capacitar suas equipes ainda podem realizar o curso in company. Formações personalizadas já foram criadas pela Escola Korú para  a companhia de telecomunicações Desktop, a líder em comunicação em nuvem Sinch, o Grupo Alpargatas, proprietário da marca Havaianas, a multinacional alimentícia Arcor, a líder latino-americana de entregas de refeições iFood, e outras organizações como Suzano, Votorantim, Ontex, Alife Nino, LD Celulose, Quidel Ortho e SEST SENAT. 

Além de ampliar o leque de talentos que podem ser descobertos, fomentar a diversidade das equipes ainda favorece financeiramente as companhias. O Instituto Identidades do Brasil (IDBR) registrou que para cada 10% de aumento da diversidade étnico-racial, há um aumento de quase 4% na produtividade da empresa; e para cada 10% de elevação da diversidade de gênero, o crescimento é de, aproximadamente, 5%. 

E a produtividade resulta em lucro. O levantamento mais recente realizado pela consultoria McKinsey mostra que empresas com maior diversidade de gênero têm lucratividade acima da média. As mais diversas tiveram um resultado 25% superior, em 2019, em comparação com as menos diversas Embora a pesquisa mais recente seja anterior à pandemia, a McKinsey sustenta que os resultados não só continuam valendo, como foram reforçados.

Para Caio Zaio, cofundador e diretor  de Diversidade e Inclusão da Escola Korú, o letramento em diversidade é primordial para qualquer organização da contemporaneidade, uma vez que a exclusão social se dá, muitas vezes, por falta de conhecimento. “A diversidade é um tema relativamente novo, as pessoas não cresceram aprendendo sobre ela. Então, é preciso letrar todos os colaboradores, começando pela liderança, e tocar, sim, em assuntos sensíveis. Falar abertamente sobre machismo, racismo, homofobia e todas as formas de preconceito para alcançar os vieses inconscientes, que são silenciosos”, argumenta.

Fundada em 2022, a Escola Korú é um polo de conhecimento para o aprimoramento de carreiras. Seus fundadores acreditam que o futuro de uma sociedade sustentável está na integração de grupos minorizados nas escolas e nas empresas. A escola oferece oportunidades de estudo e conexão com empresas parceiras, tendo distribuído mais de R$ 1 milhão em bolsas de estudo desde então. Sempre conectada às melhores ideias e práticas do mercado de trabalho, a Korú também é integrante do Movimento Tech, iniciativa do iFood e da XP Inc., do Startup Weekend Campinas, iniciativa global com sede em Seattle (EUA), e do Pacto Global da ONU.

Sobre Caio Zaio — Cofundador e Diretor de Atração da Escola Korú. Foi gerente de Diversidade & Inclusão da Ambev Latam, consultor de D&I na Weme, fundador do Drakon (fundo de doação da Universidade Federal de São Carlos) e mentor no Startup Weekend. Ele também atuou nas áreas de jornada do cliente, marketing, projetos e RH em empresas como o Itaú,  Avon,  Tapps Games e  Disney. Caio ainda foi reconhecido como “Valuable Young Leader” (“Jovem Líder de Valor”, em tradução livre) pelo Instituto Anga e o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

 

Sobre a Korú — Fundada em 2022 como uma startup aceleradora de oportunidades (access tech), em um ano, se tornou um ecossistema de empregabilidade em tecnologia e outras carreiras de alta demanda no Brasil, integrante do Movimento Tech, iniciativa do iFood e da XP Inc., e do Startup Weekend Campinas, iniciativa global com sede em Seattle (EUA). A Korú acredita que o futuro de uma sociedade sustentável está na integração de grupos minorizados nas escolas e nas empresas. Sua escola de cursos profissionalizantes na área de tecnologia, vendas e marketing, indústria e liderança tem um programa de bolsas de estudo em parceria com grandes empresas, a exemplo de Ambev, iFood, Sinch, Votorantim, Alpargatas e Luxxotica – que também investem em educação corporativa por meio da Korú. Saiba mais em escolakoru.com.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.